Uma papoila de que me orgulho

Tenho muito orgulho deste trabalho, que fiz há já algum tempo! Segui as instruções do kit da Trish Burr. Não foi, portanto, um bordado LIVRE!

Red Poppy 2

Trish Burr kit

Não está perfeito, mas quem o é? E ainda bem. Bom fim-de-semana.

Red Poppy 3

 

Advertisements

Trish Burr tricks

Não sei escrever entradas na minha página do facebook, por isso vou escrever aqui para partilhar com todos:

estou a passar a tarde a experimentar o ponto adiante e o ponto fendido, seguindo as dicas de Trish Burr. A última entrada do blogue é sobre os contornos de formas para fazer o ponto matiz ou ponto cheio. São dicas muito pequenas mas que estão a resultar, embora esteja a experimentar para outro fim. Quem sabe sabe!

E fiquei extraordinariamente contente por uma estrela do bordado como a Trish Burr é, aconselhar o ponto adiante para contornar o ponto cheio, quando o bordo não fica 100% perfeito – é o que tenho aconselhado a quem ensino, mas, até aqui, como se estivesse a dizer uma blasfémia…, já agora o ponto pé de flor ou nozinhos pequenos e juntinhos, em formas pequenas, também aconselho ;) já que não é blasfémia posso mesmo escrever aqui :) Atenção! mas continuem a esmerar o ponto cheio – um ponto cheio perfeito é uma maravilha!

Trish Burr's Blog

Trish Burr’s Blog

I don’t know how to write entries on my facebook page, so I will write here to share with everyone:

I’m spending the afternoon trying Running Stitch and Split Stitch following Trish Burr tips. Last post is about outlining shapes to embroider Satin Stitch or Long and Short Stitch. Small tips but they are working, although I’m not outlining shapes. Who knows know!

And I was extremely pleased by reading that a star of Embroidery, as Trish Burr is, to advise running stitch outlining when satin stitch is not 100% perfect – that’s what I advise whom I teach, but, so far, as was saying  a blasphemy  … that said I also dare advising Stem Stitch or small and close French Knot, in small shapes, not only Running Stitch ;) since it is not a blasphemy can not even write here :) Warning! but continue to endeavor to the Satin Stitch – a perfect full point is a wonder!

(Acho que perdi mais fotografias do que pensava…)

Maio, maduro maio*… anda ver maio nasceu…

*Maio, maduro maio, canção de Zeca Afonso

Desde que o projeto da Escócia, Scottish Diaspora Tapestry, acabou tenho andado bastante ausente do blogue. Vou sabendo das novidades muitas vezes pelo facebook, mas penso que se gasta lá demasiado tempo, para o meu gosto. O resultado é que lá e aqui não agradeço a todos e todas que me visitam. Lá no, facebook, ainda vou pondo uns likes, que é fácil, mas sabe a pouco. Aqui no blogue é que nem tenho respondido a ninguém, que ainda tem paciência para escrever um comentário, que tanto gosto de ler.
maios ou maias - foto da PALMês novo, vida nova! Vou ver se consigo resumir o que se tem passado.
Logo a seguir ao envio do painel, pela Rita Ruivo que foi fazer a festa, juntando-se ao grupo de Lisboa, no dia 5 de Abril à tarde, na Tricot das cinco, onde a Tayari, Borboleta Serrana fez este video Tapeçaria Escocesa – Vinho do Porto onde se começa por ver pormenores do painel de Lisboa, e os últimos pontos nele feitos, e pormenores do painel do Porto, acabando tudo em festa.

Scottish Diaspora Tapestry -  Porto e Lisboa

Scottish Diaspora Tapestry – Porto e Lisboa

Tive muita pena de não ter ido, mas nesse dia já estava para as bandas do Douro, onde passei uma semana e o aniversário da filha. Fomos a Lamego e visitamos as Capuchinhas de Montemuro.Tirei imensas fotos, quer do final do painel – fotografei todos os pormenores e tirei imensas fotos aos imensos produtos Portugueses do Galo Louco – quer em Lamego, quer nas Capuchinhas, quer da transferência, em casa da filha, para linho do novo projeto que está relacionado com o Galo Louco. No final dessa semana viemos para o Porto, por dois dias, para seguir logo no início da semana seguinte para Braga, para lá passar a Páscoa, com muita Família, e mais uns dias, para descansar…;)
Nesse fim de semana transferi as fotos que tinha na máquina para o computador e ia escrever um pequeno post. Não faço a mínima ideia do que aconteceu, só sei que me desapareceram imensas pastas e acabei só com meia dúzia das primeiras pastas que tinha das netas até aos primeiros meses da segunda neta que agora tem 8 anos!
No último fim de semana, estivemos a recuperar todas as fotos do back up, mas as que estavam na máquina nunca mais as vi….

Na próxima semana, mostro o novo projeto.

Tenham um bom fim de semana!