Scottish Diaspora Tapestry 10º dia

Uma das peças que acho das mais bonitas que encontram no Galo Louco, para além dos presépios, cestos, sacos, galos de todas as formas e feitios – tudo português feito à mão – para não falar nas sardinhas de pano e em conserva, vinhos, azeite, pasta de azeitona (de comer e chorar por mais!)

uma das peças das mais bonitas no Galo Louco

uma das peças das mais bonitas no Galo Louco

e agora os progressos do painel

Só hoje reparamos numa incongruência no desenho: os barcos rabelos não têm remos! Têm um leme e uma vela – isso sim. Propomos por isso a substituição de um dos remos pelo leme, o remo direito desaparece e tentaremos fazer uma vela – Gabriela da Agulha não pica, achas que podemos fazer a modificação??

2 thoughts on “Scottish Diaspora Tapestry 10º dia

  1. Neste caso acho mesmo que é obrigatório!! Falta de rigor é pior.. Mas vou enviar já um mail. Parabéns! está tudo lindo de morrer :)

  2. Acho desnecessário o remo…está ficando lindo! Porque não o remo? Porque a imaginação é poderosa, melhor que a realidade…..Parabéns a esta equipe! bjs

Comments are closed.