Scottish Diaspora Tapestry

Para começar pelo princípio: A Gabriela da Agulha não Pica foi contactada pelos organizadores de um projeto bem interessante: A execução de uma Tapeçaria sobre a Diáspora dos Escoceses. Investigaram desenharam painéis referentes a cada país onde tivessem estado escocêses, por esse mundo fora, e foram pedindo a colaboração de bordadeiras de cada país. A Portugal coube três painéis, um bordado por portugueses que vivem na Escócia e dois enviados para cá – um para ser bordado no Porto e outro em Lisboa. A Gabriela contactou-me e eu alinhei, em Lisboa contactou a Sofia Amaral. O objetivo é arranjar um grupo de pessoas que se junte num sítio bonito, e com boa luz, pelo menos uma vez por semana para completar os painéis. Ir mandando fotos do bordado e das bordadeiras e seus nomes.
 
Scottish Diaspora Tapestry's photo.
Parece que os painéis do Projeto Escocês já chegaram à Gabi. No final da semana vou ao sul e vou trazer o que vamos bordar no  Porto, mas só vou chegar na 5ª feira. Já tenho como parceiras a Rita Ruivo, a Susana Félix, a Fernanda Freitas e a Anjos Mendes. Temos que dar ao dedo e arranjar onde bordar. Quem nos aloja???? Em Lisboa vai ser a Mercearia Criativa! Lucky girls!!! Talvez nos encontremos no Galo Louco, mas não sei se está aberto à tarde – ainda estou à espera de respostas….
Já foram ver que interessante é este projeto? Bordadeiras de todo o Mundo, por onde andaram os Escocêses, a bordarem para um imenso painel que será exposto em vários locais da Escócia e depois terá um lugar honroso no que eu penso será o correspondente ao nosso Parlamento. Muito interessante! Enviam o tecido com o desenho e as lãs para bordar, com as indispensáveis guidelines.
O único prroblema é que tem que estar pronto até ao dia 7 de Abril!!!! Contactaram-nos muito tarde. Há quem esteja a trabalhar neles desde antes do Natal!! Precisamos voluntárias para uma ajudinha e um local ?? Onde? No facebook ninguém me liga…
 
Já viram os Portugueses fazerem uma coisa destas?? O tamanho que a tapeçaria teria??

8 thoughts on “Scottish Diaspora Tapestry

  1. ninguém me liga… e um apelo num daqueles programas matinais que para alguma coisa hão-de servi? Não faltarão bordadeiras, pior é ter de ser nas capitais. A minha filha mais nova foi contactada pela equipa da Fátima Lopes numa altura em que se calhar era bem ter um licenciatura e deixá-la para se dedicar aos trapos, Segundo ela que não tem por costume ver televisão para encher tempo foi super simpática e apesar de a terem maquilhado ela gostou. Que tal a ideia??

    • Porque diz que ninguém lhe liga??? Já contactou a Sofia, Borboleta Serrana?.
      Por cá já arranjei 4 bordadeiras, comigo 5. Parece-me bem!

  2. Hi, Meri, your posts are not translated to English. Am I doing something wrong?

    Thanks,

    • You can use the English translator on right sidebar! this is a project for Portuguese embroderers and the theme is all in English!!

  3. Méri, eu não sou grande bordadeira mas se puder ajudar, diz onde e quando!

    • Obrigada, Rita! Se precisar depois digo alguma coisa. Nem sequer sei o tamanho dos painéis… só este sábado é que o vou receber!

  4. Bem, o projecto é super interessante!!!
    Era uma coisa gira organizar algo assim, para a Diáspora portuguesa, era! Talvez se a Joana Vasconcelos se interessasse…
    Não conheço o Galo Louco mas, há uma loja de tricot, a Ovelha Negra, na rua da Conceição, n.º 100, no Porto, que salvo erro, está aberta aos sábados de tarde:
    http://ovelhinhanegra.wordpress.com/

    • Isto são painéis para fazer à mão por bordadeiras de cada local, em todo o mundo. Duvido que seja projeto para a JV…tem muita investigação , para se fazer os desenhos de acordo com os locais onde vão ser bordados. Obrigada pela dica – já conheço a Ovelha Negra, mas já está tudo acordado com o Galo Louco!

Comments are closed.