Resources / Recursos

Já escrevi aqui que, muitas vezes, não sei o nome dos pontos de bordar, em português. O que é uma vergonha! Não fui uma menina prendada que aprendeu a bordar em pequenina. Acordei tarde e aprendi por mim e uma das grandes responsáveis, também aqui referida várias vezes, é a Mary Corbet e os seus videos de pontos de bordar. Um pouco antes de a encontrar já tinha descoberto a Sharon B e o seu Stitch Dictionary in a minute ago. As duas são o meu grande recurso sobre bordados. Claro que há muitas mais fontes online, mas estas são as minhas preferidas.
Fui, por isso, aprendendo o nome dos pontos em inglês, embora tenha ideia, muito vaga, dos nomes portugueses.
Já percebi que conforme a região há pontos que são designados de maneira diferente, como o ponto pé de flor, que também já ouvi designado por ponto haste, corda ou cordão.

Quando andei pela feira do livro e encontrei este livro, fiquei toda contente e resolvi comprá-lo para ver se aprendia alguma coisa dos nomes de bordar, em português.
 
I’ve often written that I don’t know the embroidery stitches by its Portuguese names. Shame on me! I wasn’t a gifted girl who learnt to embroider when was very little… I awaked late and learnt by myself and one of the most responsible persons for that – and several times here referred – is Mary Corbet and her Video Library of Stitches. A little before I found out her I had met Sharon B and her Stitch Dictionary in a minute ago. Both are my great resources for embroidery. Of course there are other resources online but they are I like better. So I was learning the stitches names in English and I vaguely reminded some names in Portuguese.
I already understood that according to different regions the names change.
 
So I was very happy when I found this book translated into Portuguese in the booksellers’ fair.
 
Mas… quando comecei a folheá-lo, mesmo não sendo entendida no assunto, surpreendi-me com a tradução à letra do herringbone stitch para ponto de espinha de arenque;
 
But… when I began reading it I was surprised with (even not being an expert in the matter) the literal translation from herring-bone stitch;
e do seed stitch para ponto semente, quando sempre ouvi chamá-lo ponto areia.

 

 
and from seed stitch (always heard to name it as sand stitch – literal translation to English)

Mas o que mais me fez perder a confiança na tradução deste livro foi ver o blanket stitch (também buttonhole stitch) traduzido para ponto de cobertor! Ainda se fosse para ponto recorte, como já ouvi…
 
But what most make me not to trust this book translation was reading the literal translation from blanket stitch ( we use something like buttonhole stitch, never blanket…)

Fortunately it appears one stitch (i don’t know what is the name in the English version of this book) well translated to our ponto de Arroiolos, used in beautiful and well known tapestries from Arroiolos, worked in a particular wool thread and particular colours.
After all it is to be regretted that more attention wasn’t given to the translation.
Felizmente o nosso ponto de Arroiolos aparece bem traduzido. Penso que é de lamentar não ter sido dada mais atenção à tradução.

Tapete de Arroiolos (ponto pequeno)

Arroiolos tapestry (little stitch)Tapete de Arroiolos (ponto largo) – feito por mim há muitos anos.

Arroiolos tapestry (large stitch) – handmade by me long ago.

3 thoughts on “Resources / Recursos

  1. I got all excited when I read that you found a book to translate the names of the stitches. How disappointing that it turned out to be poorly done.

  2. Olá! Sou brasileira e também tenho o mesmo problema. Estou pesquisando muito os pontos e seus nomes, mas é uma tristeza só! Os livros traduzem os nomes ao pé da letra. Acho que talvez a tradutoras não saibam bordar e assim mesmo os pontos para os quais temos nomes acabam com apelidos estranhos: ponto corrido para o running stitch?! Nunca vi ninguém o chamando assim! Usa-se em Portugal? Tenho usado seu glossário e tentado ir completando. Depois eu te mando. Adoro os blogs da Sharon, da Mary e o seu! Abraços!

Comments are closed.