Pode-se chamar a isto um tutorial? Can we call this a tutorial?

Aviso: este é um post longo!
Warning: this is a long post!

(clicar nas imagens para aumentar)
(click on the pictures to enlarge) 

Vou tentar explicar como eu faço as toalhas de linho. Como já expliquei sou uma amadora, ainda por cima tardia. Devo, por isso, cometer muitos erros…

 
I’ll try to explain how I do the linen towels. As I’ve already said I am an amateur, in addition late. I’m sure I shall make lots of errors…
Antes de mais: em qualquer trabalho que implique “puxar fios” o linho tem que ser cortado pelo fio. Reparem na diferença que há entre uma ponta e outra do mesmo lado do linho – tem que se ir tirando os fios até sair um inteiro. Depois corta-se aquela franja.

First of all: in any work that involves “pulled threads” linen has to be cut through the thread.
Note the difference between the two tips from the same side of the linen – we have to pull the threads till we got a complet thread. Then we cut that fringe.

A renda de crochet já está feita e com ela meço a largura do rectângulo, tiro um fio ou dois (eu tiro dois) a todo o comprimento que quero. Não esquecer de deixar 5 a 7cm de cada lado, para fazer as bainhas laterais e a do lado oposto ao que leva a renda.

The crochet lace must be already made and with it I measure the rectangle witdh, pull one or two threads (i pull two) at full length I want. Never forget to leave 5 to 7cm each side to make the lateral and top side hems.
Sem os dois fios posso cortar o linho.

Without those threads I can cut the linen.
Faço a bainha aberta (no avesso) do lado onde a toalha vai levar a renda e prego a renda. Neste lado só tiro um fio (não me perguntem porquê…). Meço a bainha a toda a volta e tiro dois fios nos três lados restantes.

I make the openwork hem (wrong side) on the lace side and sew on the lace. This side I pull only one thread (don’t ask me why…). I measure the hem all around and pull two threads from the three remaining sides.
É necessário ter atenção ao canto. Notam-se mal os fios rematados…

Essential to be aware of the corner. We see not well the ended threads… Faço então a bainha aberta a toda a volta. Do avesso.

Then I make openwork hem all around. On the wrong side.

À altura que quero faço isto que se vê na foto. Este lado é o avesso.
At the point I want I make that you can see on the photo. This is the wrong side.
e remato logo este lado; no fim tenho que fazer o mesmo do outro lado… os remates são para mim o mais aborrecido.
and I end at once this side; I’ll have to do the same at the other side… the ends are the most bored thing to me.Este é o aspecto depois do remate.
This is how it looks after the ending.
Continuo a tirar os fios um a um e aos poucos do meio para os lados, isto evita que puxe algum fio que não faça parte desta “barra” de fios tirados. Também não deixo ficar os fios muito longos. A largura desta barra é ao gosto de cada um; penso que aqui tirei 14 ou 16 fios.
I go on pulling the threads one by one and a little bit each time from the middle to the edge, this prevents pulling a thread that doesn’t belong to the pulled thread “trimming”. The width of this trimming is at each one’s taste; I think I’ve pulled 14 or 16 threads.
E mais uma vez faço bainha aberta dos dois lados. Neste caso agrupei os fios 4 a 4 .
And once more I make openwork hem on both sides. In this case I gathered 4 threads each time.
De vez em quando o fio acaba. Esta foto pretende mostrar como faço o remate,
From time to time the thread ends. This photo tries to show how I end the thread,
e esta como começo um fio novo.
and this how I begin a new thread.
A bainha aberta é trabalhada da esquerda para a direita, do lado do avesso. Penso que o bordado ajour também é.
 
The openwork is worked from left to right, on the wrong side. I think that the ajour embroidery is made in the same manner.

Mas eu faço-o do lado direito e da direita para a esquerda…
But I make it on the right side and from right to left…
Parece muito mais complicado do que é na realidade. A bainha aberta já experimentei em linho muito fino, mas estas barras de bordado ajour só neste linho, chamado estopa 100% linho. Quanto mais grosso for o linho mais fácil é este trabalho, penso eu.
Foi mais complicado fazer este post…
(Se tiver algum interesse mostro os esquemas para a bainha aberta e barra de bordado ajour)
 
 
 
It seems much more complex that it is in reality. I’ve already tried the openwork hem in very fine linen, but these pulled thread trimming only in this linen, also called flax tow(?).
The thicker the linen is the easier is this kind of work, I think.
It was more difficult to write this post…
(If you are interested I can show you the schems for openwork hems and and pulled thread trimming)
Por favor digam-me o que fazem diferente.
Please let me know what do you make different.

12 thoughts on “Pode-se chamar a isto um tutorial? Can we call this a tutorial?

  1. Meri, this tutorial is wonderful! I’ve scheduled a link to this post to go live on my blog early tomorrow morning (Central USA time). I hope it brings you a few extra clicks.Denisehttp://needlework.craftgossip.com

  2. Meri, thankyou so much for that information about the sewing machine websites. I also love pulled thread work, you have reminded me how beautiful it is.

  3. Meri, fantastic tutorial, I’m going to find some linen and try this stitch. I’ll link to you on my blog when finishedCheersJoP.S. I love your english translation to ‘clock’ on the pictures or was that a typo??

  4. Pingback: Ponto ajour / Hem stitch « agulhas da méri

  5. Pingback: Bainha aberta – ponto nó simples / Drawn threads – coral knot « agulhas da méri

  6. Pingback: Bainha aberta: formas de bordar / Drawn thread work – Openwork embellishment « agulhas da méri

  7. Pingback: Bainha aberta: formas de bordar (II) / Drawn thread work: Oppenwork embellishment (II) « agulhas da méri

  8. Mer, adorei encontrar o seu artigo aqui. Tenho 64 anos e aprendi a bordar aos 8 anos, no colégio. Descobri uma toalha de mesa que mamãe começou a bordar para o seu enxoval (imagine!)e deixou quase metade das flores faltando. Terminei agora, pra usá-la no meu aniversário. Aí, me faltou a bainnha, não me lembrava mais como fazer a bainha aberta. Muito obrigada pela ajuda enorme. Foi muito bom descobrir que outras mulheres ainda continuam as tradições familiares. Um grande abraço.

  9. Adorei sua página. Moro ns EU e não encontro ninguém que me ensine bainha aberta. Há alguns pontos que simplesmente não consigo fazer e não encontrei na internet. Como posso contactá-la para enviar o ponto que não consigo tirar?
    Obrigado pela ajuda.
    Sonia

Comments are closed.