Bainha aberta – ponto nó simples / Drawn threads – coral knot

Há várias formas de bordar a bainha aberta, fazendo-a parecer uma renda. O princípio é juntar fios.
O nó simples é o ponto básico para bordar bainha aberta, penso eu. Passo a passo em fotografias:

There are many ways to embellish drawn thread and so give it a looking like lace. The purpose is to join threads together.
Coral knot is the basic stitch to drawn thread embroidery, I think. Step by step photos:

depois de se se fazer o ponto ajour dos dois lados da bainha aberta, a linha passa por baixo do ponto a cheio que limita a barra de bainha aberta e sai a meio;
a agulha passa por baixo do fio (que faz um arco) e de dois grupos de fios formados pelo ponto ajour e sai por cima da linha formando um nó – custa muito mais a descrever que a fazer, acreditem!

after having done the hem stitch in both sides, the thread goes under the satin stitch at the drawn thread edge and comes up in the middle;
then the needle goes under the thread (which is forming a loop) and two hem stitch bunches and comes over the thread creating a knot – it’s much easier to do than to write about this, believe me! 

e puxa-se o fio! Repetir uma e outra vez até dominar bem a tensão do fio. 
then you pull the thread! You have to repeat again and again to get the right thread tension.

Só com este ponto fazem-se muitos motivos:   juntar três grupos de fios
Just with this stitch you can do many designs:  joining three hem stitch bunches

ou juntar quatro
or joining four

sempre com o nó simples, pode-se avançar para desenhos mais complexos, como estes:
always with coral knot you can progress to more complex designs, like these:
 

 

About these ads

8 thoughts on “Bainha aberta – ponto nó simples / Drawn threads – coral knot

  1. Não sei que idade tinha (à volta de 12…). Mas lembro-me de ter ficado em casa sozinha, com uma Rakan, e ter “embicado” que ia aprender a fazer bainhas abertas. Guardei até hoje o fruto do trabalho desse dia, mas nunca mias treinei… Até um dia! Com inspirações destas é tudo mais fácil…

  2. Pois…eu comecei uma dezenas de anos mais tarde! A Rakam tem bainhas abertas lindissimas, mas muito complexas. Tudo isto é muito básico, mas eu gosto muito ;)
    Já vi no flickr as tuas últimas oficinas! São liiinnndas!

  3. I love the effects you create with drawn threads. I’d love to try some more handsewing and embroidery – your photos are really inspiring me!

  4. Pingback: Bainha aberta: formas de bordar / Drawn thread work – Openwork embellishment « agulhas da méri

  5. Pingback: Bainha aberta: formas de bordar (II) / Drawn thread work: Oppenwork embellishment (II) « agulhas da méri

  6. Pingback: Bainha aberta: formas de bordar / Drawn thread: Openwork embellishment « agulhas da méri

  7. Pingback: I’ve been absentminded… / Ando distraída… « agulhas da méri

Comments are closed.